Available languages:
António Guterres (Secretário-Geral) Mensagem para o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto
26 Jan 2021 -  Hoje, homenageamos a memória dos seis milhões de judeus e outros milhões de pessoas sistematicamente assassinados no Holocausto pelos nazistas e seus colaboradores.
O aniversário deste ano ocorre sob a sombra da pandemia de Covid-19, que revelou fraturas e injustiças, de longa data, em nossas sociedades e contribuiu para o ressurgimento do antissemitismo e da xenofobia.
O Holocausto foi o culminar de dois milênios de discriminação, ataques, expulsões e assassinatos periódicos em massa de judeus.
Deveria ter posto um fim ao antissemitismo para sempre. Mas isso não aconteceu.
O antissemitismo, infelizmente, continua muito vivo.
Hoje, os supremacistas brancos e neonazistas estão ressurgindo, se organizando e recrutando além de suas fronteiras, intensificando seus esforços para negar, distorcer e reescrever a História, incluindo o Holocausto.
A pandemia de Covid-19 deu-lhes novas oportunidades para atingir as minorias, com base na religião, raça, etnia, nacionalidade, orientação sexual, deficiência e estatuto de imigração.
Devemos fazer esforços conjuntos urgentes para detê-los.
Ao considerarmos a recuperação da pandemia de Covid-19, devemos abordar as fragilidades e lacunas expostas pela pandemia e fortalecer nossos laços mútuos, com base em nossa humanidade comum.
Este ano deve ser um ano de cura. Curar-nos da pandemia e curar nossas sociedades destruídas, nas quais o ódio se enraizou facilmente.
Ao lembrarmos aqueles que morreram no Holocausto e homenagearmos os sobreviventes, nossa melhor homenagem é a criação de um mundo de igualdade, justiça e dignidade para todos.
Open Video Category
Thumbnail 00:02:43
हिन्दी 6 Mar 2021