Available languages:
António Guterres (Secretário-Geral) por ocasião da entrada em vigor do Tratado de Proibição de Armas Nucleares
22 Jan 2021 -  Tenho o prazer de confirmar a entrada em vigor do Tratado de Proibição de Armas Nucleares - o primeiro tratado multilateral de desarmamento nuclear em mais de duas décadas.
O Tratado representa um passo importante para um mundo livre de armas nucleares e uma forte demonstração de apoio às abordagens multilaterais do desarmamento nuclear.
Saúdo os Estados que ratificaram o Tratado bem como o papel fundamental da sociedade civil no avanço das negociações e na sua entrada em vigor.
 Os sobreviventes das explosões e dos testes nucleares partilharam testemunhos trágicos e foram uma força moral fundamental para o Tratado.
A entrada em vigor deste tratado é um tributo à sua causa.
Estou ansioso por desempenhar as funções atribuídas pelo Tratado, inclusive a preparação da primeira Reunião dos Estados Partes.
As armas nucleares apresentam perigos crescentes e o mundo necessita de ações urgentes para garantir a sua eliminação e prevenir as consequências catastróficas para a Humanidade e para o ambiente que o seu uso poderia causar.
A eliminação das armas nucleares continua a ser a maior prioridade de desarmamento das Nações Unidas.
Apelo a todos os Estados para que trabalhem juntos na concretização desta ambição de promover a segurança comum e a proteção coletiva.
Open Video Category
Conferences/Summits