Available languages:
António Guterres (Secretário-Geral) sobre o Dia Internacional da Não-violência 2020
1 Oct 2020 -  “Ao assinalar o aniversário de Mahatma Gandhi, este Dia Internacional destaca o notável poder da não-violência e do protesto pacífico. Lembra-nos também, oportunamente, que nos devemos esforçar para defender os valores pelos quais Gandhi viveu: a promoção da dignidade, proteção igual para todos e por comunidades que vivem juntas em paz.
Este ano, temos um dever especial: parar os combates para nos concentrarmos no nosso inimigo comum: a Covid-19. Existe apenas um vencedor do conflito durante uma pandemia: o próprio vírus.
Quando a pandemia se instalou, apelei a um cessar-fogo global.
Hoje, precisamos de um novo impulso da comunidade internacional para tornar isso uma realidade até ao final deste ano.
Um cessar-fogo aliviaria o imenso sofrimento, ajudaria a diminuir o risco de fome e criaria espaço para negociações da paz.
A profunda desconfiança atrapalha. Mesmo assim, eu vejo motivos para ter esperança. Em alguns lugares, vemos uma pausa na violência.
Um grande número de Estados-membros, líderes religiosos, redes da sociedade civil e outros apoiam o meu apelo.
Agora é hora de intensificar os nossos esforços.
Vamo-nos deixar inspirar pelo espírito de Gandhi e pelos princípios duradouros da Carta das Nações Unidas”.